Dicas de um neurocientista para ajudar com o gerenciamento do tempo
Home / Gerenciamento /

Como Libertar seu cérebro: Dicas de um neurocientista para te ajudar com o gerenciamento do tempo

Compartilhe este conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

gerenciamento-de-tempo

Nossa rotina é cada vez mais louca e mais corrida. Como ser eficaz no gerenciamento do tempo?Conciliar o fluxo de trabalho, o tempo para as atividades sociais e os momentos de lazer não é nada fácil. Como fazer conseguirmos controlar nossas agendas e não nos deixarmos ser dominados por elas?

O neurocientista Daniel Levitin diz que fazer bom uso de um calendário e criar rotinas são a chave para manter um nível de organização que não sobrecarregue sua mente com afazeres e detalhes é a chave para a gestão eficaz do tempo. Ele é autor do livro “A Mente Organizada: Como Pensar com Clareza na Era da Sobrecarga de Informação”.  Nesse artigo ele dá algumas dicas preciosas para ajudar a gerenciar um recurso cada vez mais precioso e mais escasso – o tempo.

Os dois conselhos principais são simples, mas podem fazer muita diferença. Veja só:

  • Marque tudo no calendário

A história de colocar tudo no calendário ajuda a controlar os compromissos que temos de maneira mais palpável e não deixar nada ao acaso. Você não precisa ficar tentando lembrar a data de uma consulta médica, por exemplo. É só marcar e colocar um alerta.

Quando você não precisa “gastar seus neurônios” pensando nesses pequenos compromissos do dia a dia e pode contar com uma ajuda tecnológica para isso, sua mente fica livre para se dedicar a coisas que realmente tem maior peso e importância para você.

  • Eleja prioridades

Muitas pessoas marcam mais compromissos do que podem cumprir. Elas pensam que conseguem fazer muito mais coisas do que realmente são capazes. E aí, quando se dão conta, na hora que deveriam fazê-lo elas dão uma desculpa ou reconhecem que simplesmente não vai dar tempo.

É por isso que eleger prioridades é tão importante. O neurocientista recomenda escrever as tarefas do dia em cartõezinhos, por exemplo, e colocá-las em ordem de importância, de maneira que você possa reorganizá-las ao longo do dia, se for o caso. Uma vez que você priorizou tudo, sabe que tem que fazer primeiro o que está no topo da lista.

Esse método evita que sua mente fique vagando, pensando no que você vai ter que fazer depois ou se deve parar de fazer algo para fazer outra coisa. Você se torna mais eficiente e mais produtivo porque está focado.

Levitin diz ainda que não sobrecarregar a si mesmo requer coragem, mas é essencial e que é preciso conhecer os próprios limites e avaliar suas prioridades sempre.

Você tem conseguido fazer isso? Conte nos comentários!


Compartilhe este conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Comments

  • Vanessa
    08/01/2017

    Penso q a rotina nos rouba tempo

Deixe-nos saber o que pensa. Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *